EMPATHY



Fotógrafo Luca Zanon



Oii gente! Tudo bem? Hoje tem mais um pequeno texto em inglês! Isso mesmo, como essa categoria ainda está em teste, eu estou escrevendo apenas pequenos textos para praticar mesmo e incentivar vocês.

Espero que gostem desse post, o meu inglês não é perfeito então se vocês encontrarem erros, podem me avisar. 


EMPATIA



Recently, I realized the amount of people that don't care about others was getting higher. In fact I can't say if the number of such people are growing or if we are more aware of how things are through globalization.

What I want to say is that in our globalized world, we see so many things in different parts of the world, things that make us hopeless, in other words, we mainly see people abusing each other in many ways. The wars in The Middle East are great examples, and how ordinary people can help?

This is a difficult question that no one has the answer, so people start to believe that they cannot change anything, thereafter they think that these horrible problems aren't their business because, well, they can't do anything about it, right? And at the end, people become indifferent.

Indifference is a huge barrier that we need to overcome, I mean, the news needs to show the bad things that is happening in the world, but we have to believe that there are a lot of people that are doing their best to change things, and we could be inspired by them.

I could name many inspiring people, however, I will quote the youngest girl to win the Noble Peace Prize, her name is Malala. 

She is the proof that everyone can help build a better place to live. She is so young but she already crossed the world helping children to have their own thoughts, mostly little girls. I can't tell the story of this brave girl right now or the text would be enormous, even though, I can quote one of my favorite phrases from Malala:

 "One child, one teacher, one book and one pen can change the world."

As I told you earlier, I can't tell you what you have to do to help other people. But you can discover by yourself what you can do, even if it's a small change, because the world just needs more empathy.


TRADUÇÃO



Recentemente eu percebi que a quantidade de pessoas que não se importa com os outros está aumentando. Na verdade eu não sei dizer se o número dessas pessoas está crescendo, ou se nós estamos ficando mais conscientes de como as coisas são, através da globalização.

O que eu quero dizer é que no nosso mundo globalizado, vemos tantas coisas em diferentes partes do mundo, coisas que nos fazem perder a esperança, em outras palavras, nós vemos as pessoas abusando umas das outras de várias formas. As guerras no Oriente Médio são grandes exemplos. E como as pessoas comuns podem ajudar ?

Esta é a pergunta difícil que ninguém sabe a resposta. Então as pessoas começam a acreditar que eles não podem mudar nada, a partir daí eles pensam que esses problemas horríveis não são da sua conta porque, bom, eles não podem fazer nada sobre isto, certo? E, no final, as pessoas tornam-se indiferentes.

A indiferença é uma enorme barreira que precisamos superar, quer dizer, os jornais precisam mostrar as coisas ruins que estão acontecendo no mundo, mas temos de acreditar que há um grande número de pessoas que estão fazendo o seu melhor para mudar as coisas, e poderíamos ser inspirado por eles.

Eu poderia citar muitas pessoas inspiradoras, no entanto, vou citar a menina mais jovem a ganhar o Nobel da Paz , o nome dela é Malala .

Ela é a prova de que todos podem ajudar a construir um lugar melhor para viver. Ela é tão jovem, mas já cruzou o mundo ajudando as crianças a terem seus próprios pensamentos, em sua maioria meninas. Eu não posso contar a história desta brava garota agora ou o texto ficaria enorme, mas posso citar aqui uma das minhas frases favoritas de Malala:

 " Uma criança , um professor , um livro e uma caneta podem mudar o mundo . "

Como eu disse antes, não consigo dizer o que você pode fazer para ajudar outras pessoas. Mas você pode descobrir por si mesmo o que pode fazer, mesmo que seja uma pequena mudança, porque o mundo só precisa de mais empatia.

Smash the Cake de Miguel!





Oiii gente! Tudo bem com vocês? Esse post demorou mais saiu. XD Estava super ansiosa pra compartilhar com vocês o Smash The Cake de Miguel! E aí você me pergunta: "Thais, o que é um Smash The Cake?"




O Smash The Cake é um ensaio fotográfico criado nos Estados Unidos, onde as crianças literalmente esmagam o bolo. Esse tipo de ensaio vem ficando cada vez mais popular no Brasil, geralmente para marcar o primeiro ano do bebê.




O que torna esse ensaio tão interessante, é o registro de cada olhar, cada movimento de curiosidade, de alegria (ou não), para que os pais tenham essas lembranças eternizadas.




Esse foi o nosso primeiro ensaio, e portanto não temos muita experiência. Mas se você está meio perdido, aqui vão algumas dicas para fazer um smash the cake, que serve para fotógrafo ou mãe/pai.

1º Tente fazer o ensaio ao ar livre: Se você não tem muito equipamento de iluminação, o ideal é encontrar um lugar bonito ao ar livre e tentar fotografar pela manhã ou a tardinha, quando o sol não está tão forte. Até porque a criança precisa estar bem confortável.




2º  Bolo com cobertura de chantilly: Gente, chantilly é o que faz o Smash the Cake, a criança se lambuza muito facilmente e você pode fazer uma decoração bem legal usando chantilly.




3º Antes do bolo: Antes de colocar a criança diante do bolo, faça fotos com os pais (como na segunda foto), eles vão amar estar presentes nessa recordação. E abuse de fotos do bebê ainda limpinho.




4º E se ele não quiser: Se o bebê não tiver iniciativa de ir fuçar o bolo, chame os pais pra brincar com ele e mostrar pra criança o que deve ser feito com o bolo. Normalmente eles tentam imitar os pais. E se ele chorar ou não gostar, fotografe, porque o intuito é mostrar a primeira reação da criança com o bolo.




5º Espontaneidade: Capture todos os momentos, bons e ruins. Cada olharzinho, cada façanha, tudo é muito importante. Brinque com a criança, peça para os pais se divertirem com o bebê, até porque esse é o momento dele.




Muito bem gente, espero que tenham amado esse post tanto quanto eu. O modelo das fotos de hoje é o Miguel, esse bebê lindo demais. E essa é a priminha dele, a Melissa que ajudou bastante gente! kkkkkk Esse ensaio é pura gostosura.




E essa é a Carol, mãe do Miguel, ela é uma das pessoas que mais me apoiam nessa minha caminhada de blog/canal, e autorizou a postagem das fotos do ensaio pra compartilhar com vocês. Linda, não é mesmo?

O ensaio tem o total de 30 fotos, escolhi algumas que ajudariam a dar dicas e inspirações a vocês. Me contem nos comentários o que acharam, vou amar saber.

Beijos!


5 Desvantagens das Box Braids | Tranças





Oii gentee tudo bem? Demorou mas chegou, mais um vídeos no nosso canal. Todo mundo sabe que uma ótima opção para passar pela transição capilar, são as tranças. Mas ninguém te fala sobre os pontos negativos de usá-las.

Uso tranças desde abril/2016, e posso falar sobre a minha experiencia com as tranças. Porque nem tudo são flores, e se você estiver pensando em colocá-las precisa saber também dos espinhos envolvidos.

Espero que goste do vídeo, deixa um like que me ajuda bastante viu. E se inscreva no canal gente. Bjoss!



Categoria : Inglês



Oiii genteee! Tudo bem? Tenho uma surpresa inspirada em vocês. Finalmente criei uma categoria no blog onde posso fazer posts relacionados ao inglês.

A ideia é que pelo menos uma vez por semana ou mês (não sei ainda ) eu poste um texto aleatório em inglês. Me falem nos comentários como vocês preferem.

E as dicas de inglês eu darei no canal, porque lá fica mais fácil de falar com vocês sobre esse assunto. O canal é novo ainda então estou aprendendo a editar e tudo mais, por isso peço a paciência de todos, aos poucos a gente vai melhorando.

Gente meu inglês não é perfeito, então se encontrarem erros, me avisem.

Hoje já começo com um texto pequeno, apenas para vocês terem uma noção de como será. Espero que gostem.



The most stressful moment of my life was undoubtedly in 2 years ago, I'll try to summarize this story.

In the beginning of 2013 I was working against my will, just because my parents thought that it's the right way to start the young adult life, but I worked in something that I didn't like for two years, so I had to put up with this.

In February 2014 I talked with my parents that I will study while working, if I passed the entrance exam I would quit my job and do what I always wanted to do.

I was very lucky because my boyfriend and two friends that I get along was studying too, therefore they helped me a lot.

In January 2015 at midnight my boyfriend called me screaming , I could only understand that we both passed.

The end.



É isso aí gente! Espero que tenham gostado, e que aprovem essa nova categoria. Espero poder treinar meu inglês aqui com vocês. E todos que estão nessa caminha de aprendizado possam praticar aqui também.

Sintam-se a vontade. Esse espaço é nosso.

Beijos!