Minha transição capilar - Box Braids!





Oii gente! Tudo bem com vocês? Acreditam que já tenham reparado pelo último post ou pelas redes sociais que mudei de visual. E hoje eu vim explicar para vocês o porque dessa mudança.


Como sabem, eu tinha o cabelo alisado, sempre tive. Quando era mais nova eu tinha muita paciência em alisar, escovar sempre depois de lavar e tal. Mas usar a escova e prancha toda a semana estava acabando com meu cabelo, então a minha cabeleireira exigiu que eu parasse de escovar meu cabelo porque isso estava danificando demais os meus fios.




 Desde o ano retrasado eu tenho alisado na cabeleireira de 2 em 2 meses, e ao invés de fazer escova toda a semana, eu estava usando um leave in para deixar minha cabeleira o mais domada possível. Mas eu não gostava dele assim, não ficava nem liso, nem cacheado, ficava meio frisado.




Então decidi voltar ao cabelo natural. Pesquisei várias formas de fazer a transição capilar, e a única que me agradou foram os box braids. Quando criança, minha mãe fazia tranças, então eu já estava acostumada. E acordar com os cabelos prontos é simplesmente divino. Então pedi para minha mãe fazer os box braids em mim.




Pretendo usar os box braids por um ano ou um ano e meio, só o tempo para eu não me sentir careca sabe! Rsrsrs

Um outro motivo para voltar ao natural é que eu não conheço meu próprio cabelo. Não sei como é o meu crespo. E isso me deixa um pouco chateada comigo mesma. Portanto, quero que saibam que essa minha decisão é para uma realização pessoal.

Espero que tenham gostado do post de hoje, de saber mais sobre mim. Espero também que o meu post incentive as pessoas a se conhecerem e se amarem.

Me contem nos comentários o que acharam.

Beijos!

2 comentários

  1. Estou passando pelo mesmo processo Thaís 😥 Não é fácil, mas acredito que a sensação de liberdade é recompensadora! Estou no 9 ° mês. Força! Estamos juntas nessa 😘😘 Ah, fiiz um texto sobre, depois dá uma olhada 😁
    http://minhavidacontadaempoesia.com/2016/07/a-transicao-comeca-aqui/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que linda Ananza! Fico muito feliz por isso, sei que não é fácil, mas essa sensação de liberdade que eu nunca senti, é maravilhosa. Vou ver!

      Excluir